KIT Degustação Horizontal Brunello di Montalcino 2006

R$2.778,00
Entregas para o CEP: Alterar CEP

Conheça nossas opções de frete

Compartilhar
  • Descrição

    3 x 750ml 
    Região: Toscana - DOCG Brunello di Montalcino
    Uvas: 100% Sangiovese Grosso (Brunello)

    Degustação Horizontal:

    Para se fazer uma degustação horizontal as garrafas devem ser da mesma safra, região e uva, porém de produtores diferentes.

    Na prova horizontal, o objetivo é avaliar as diferenças de vinificação (o processo é fruto do trabalho do enólogo de cada vinícola e cada um tem seu estilo) e também analisar as sutilezas das diferenças de terroir.

    Nas degustações horizontais a ordem dos vinhos não precisa ter sequencia pré determinada. Mas, para que os participantes não fiquem sugestionados pelos rótulos, o ideal é que a degustação seja feita às cegas (As garrafas devem se embaladas e numeradas de forma que os confrades não saibam qual vinho estão degustando. As taças também devem ser numeradas para que cada uma corresponda ao vinho servido). Após as primeiras considerações e avaliações, as garrafas podem ser expostas e o ideal é que ainda tenha vinho a ser servido para as conclusões finais. Será que os vinhos corresponderam às expectativas?

    La Rasina safra 2006: Wine Spectator 93 pontos / James Suckling 94 pontos / Robert Parker 93 pontos 

    Mocali Riserva 2006: Robert Parker 93+ pontos / Wine Enthusiast 94 pontos / Wine Spectator 90 pontos / Antonio Galloni: 93+ pontos 

    Valdicava 2006: James Suckling 97 pontos / Wine Spectator 95 pontos / Robert Parker 95 pontos  / Wine Enthusiast 94 pontos

  • Região

    A região da Toscana tem uma longa e secular tradição vinícola. Durante muito tempo o Chianti reinou absoluto na região e foi ligado aos seus produtores mais famosos, como Frescobaldi, Ricasoli e Antinori. Dessa região também surgiram os famosos Supertoscanos, que ao recusar seguir as leis das suas DOCs e DOCGs, revolucionaram a vinicultura e forçaram mudanças como a permissão de plantio de castas estrangeiras como Cabernet Sauvignon e Merlot. A Toscana possui 64 mil hectares de vinhedos divididos em 42 DOCs, 11 DOCGs e 5 IGTs, sendo o Brunello di Montalcino a grande estrela local.

    A área de produção de Montalcino abrange a comuna de Montalcino, na província de Siena, na região da Toscana, área central da Itália. A área total de produção é de 24 mil hectares sendo 2.100 para a DOCG (denominazione di origine controllata e garantita) Brunello di Montalcino.

    As leis que controlam a produção de vinho seguem a Disciplinare que exige que a DOCG produza os vinhos:
    - a partir de 100% Sangiovese Grosso (ou Brunello).
    - mantenha apenas 8 mil quilos de uva por hectare.
    - o vinho passe no mínimo 2 anos em barricas e 4 meses em garrafas (quando Riserva serão 6 meses em garrafa).
    - sejam comercializados somente a partir do quinto ano a partir da data da colheita.- sejam engarrafados na zona de produção.
    - tenham o mínimo de 12° de álcool e 12,5° em caso de menção "Vigna".

    Os vinhedos da DOCG ficam entre 120 e 650m de altitude. Brunellos são vinhos que se prestam ao longo envelhecimento. Mantidos em adega climatizada podem chegar aos 30 anos de guarda.
          
  • Produtores

    Região: Itália – Toscana/ Montalcino 

    Azienda Agricola La Rasina

    A fazenda La Rasina foi fundada nos anos setenta por Santi Mantengoli, mas somente na segunda metade dos anos 80, através do sucessor Vasco, o trabalho foi direcionado para o negócio da videira. Desde 1988, concentrou-se ainda mais nesse setor, que em Montalcino estava evoluindo rapidamente. Muitos investimentos, tanto nas vinhas como na adega, levaram a empresa à situação atual. Desde 1997, a gestão foi entregue a Marco Mantengoli, um jovem enotécnico, que combina suas novas ideias e tecnologia moderna com uma experiência paterna tradicional de dez anos. 

    A La Rasina tem uma extensão de cerca de 45 hectares, dos quais 11 são plantados com vinhas, 4 hectares de olivais e o restante é arável. Estende-se na encosta nordeste da colina de Montalcino a uma altura de 350 metros. Em frente à fazenda abre o Parque Val d'Orcia, conhecido por ter se tornado Patrimônio Mundial da UNESCO.  As videiras variam de 2 a 30 anos, cultivadas com cordão de baixa densidade, possuem densidades de plantas que variam de 3500 a 5000 vinhas/hectare. Os vinhedos são monitorados direta e constantemente e ficam nas imediações da sede da empresa.  Produção de Qualidade.  A La Rasina atualmente produz 30.000 garrafas de Brunello di Monatalcino, 15.000 garrafas de Rosso di Montalcino e cerca de 10.000 IGT Toscana Sangiovese.

    Estes números estão destinados a aumentar graças aos investimentos realizados, mas permanecendo sempre na perspectiva da produção de alto nível.  Segundo Robert Parker, os Brunellos de Marco Mantengoli são deliciosos. James Suckling da Wine Spectator exclamou que esse é "um dos melhores produtores em Montalcino hoje!".

    Azienda Mocali

    A vinícola Mocali foi comprada na década de 50 pelo Sr. Dino Ciacci (um dos vinte e cinco promotores do Consórcio de Brunello di Montalcino) e foi sucedido por seu sobrinho, Ticiano Ciacci, hoje proprietário. A Mocali está situada no sudoeste de Montalcino, a uma altitude de 350/400 metros acima do nível do mar. Compreende cerca de 32 hectares, dos quais 9 de vinha (sendo 6 hectares da DOCG Brunello di Montalcino) e 2 hectares de olival (Frantoio, Leccino e Moraiolo). 

    A fazenda está situada nas colinas que cercam a cidade de Montalcino, vinhas e olivais, intercalados com bosques de carvalho e medronheiros. Seus vinhos são indicados pela Carta de Vinhos da Itália que apresenta uma seleção dos melhores 100 vinhos italianos.

    Valdicava

     A Valdicava tem como conceito respeitar a tradição e os sabores de Montalcino e ao mesmo tempo valorizar seu caráter próprio. O “Genius Loci” Valdicava é uma combinação de perfumes, valores, cultura, amor, alma e história que perpetua em suas vinhas no mais harmônico e elegante equilíbrio. Cultivo orgânico, sem uso de pesticidas ou agrotóxicos. 

    A Valdicava está localizada na área de Montosoli, famosa por produzir vinhos com grande equilibrio entre corpo e aromas. Na adega a ideia é simples: pureza, a melhor tecnologia disponível e os melhores barris de carvalho da Eslavônia para garantir que nossos grandes tintos recebam o respeito merecido. Também é fundamental ter um agrônomo sólido, Andrea Paoletti, e um enólogo, Attilio Pagli, com quem dividem sua filosofia desde 1986.

    Com um número cada vez maior de endossos brilhantes de revistas e especialistas, os magníficos Brunellos de Vincenzo Abbruzzese estão finalmente recebendo todo o crédito que merecem dentre os melhores de Montalcino. Com baixos rendimentos e um longo potencial de envelhecimento, os Brunellos Valdicava são cada vez mais reconhecidos como vinhos altamente colecionáveis, principalmente o rótulo de reserva, Madonna del Pianno.